Agricultores protestam contra emplacamento de tratores

Integrando a Mobilização Nacional Contra o Emplacamento de Tratores e Máquinas Agrícolas, produtores e lideranças de Passo Fundo e região participaram ativamente do protesto. O primeiro momento da manifestação pela extinção de resolução que determina o emplacamento dos equipamentos aconteceu com o bloqueio do trânsito, a cada trinta minutos, na BR-285, entroncamento com a ERS-324 e na ERS-135.
No mesmo dia, o Departamento Nacional de Trânsito -Denatran, informou que deverá apresentar proposta ao Conselho Nacional de Trânsito – Contran, com pedido de adiamento do prazo de emplacamento para janeiro de 2016. Porém, segundo o vice-presidente do Sindicato Rural de Passo Fundo, Jair Dutra Rodrigues, é preciso a extinção da Lei.
“Em caso de adiamento, o que vai acontecer é que teremos novos protestos dentro de um ano. Esta Lei traz muitos prejuízos. Já são insuportáveis os encargos fiscais, financeiros e sociais, suportados pelo produtor. Não há espaço para mais nada. Caso seja preciso pagar para uso do maquinário, muitas propriedades poderão se tornar inviáveis de serem trabalhadas. Penso até em um importante aumento do êxodo rural”, disse.
Dando sequencia ao dia de manifestação, os tratores que bloquearam as rodovias desde o início da manhã até à tarde, seguiram em direção à cidade e percorreram quase toda a extensão da Avenida Brasil, chamando a atenção para a importância do manifesto.

emplacamento