Capacitação em cadastros rurais dá início ao ProSindi

Mais de uma centena de colaboradores de 84 sindicatos rurais participaram da primeira ação do Programa Permanente de Capacitação de Sindicatos Rurais – ProSindi, uma promoção da Divisão de Inovação e Ações do Senar-RS (Diai), com apoio da Farsul. As atividades aconteceram entre os dias 17 e 19 de agosto no auditório da Federação, em Porto Alegre. O objetivo do evento foi a capacitação de funcionários e técnicos sindicais, aperfeiçoando o atendimento ao produtor rural.

Os três dias do encontro tiveram como tema principal os cadastros rurais. O processo de qualificação e reciclagem proposta pelo programa ocorre justamente no período em que se aproxima a data de entrega de Declaração do ITR, com prazo até 30 de setembro. Este é o momento em que se intensifica a busca de informações junto aos sindicatos. Também está sendo abordado o cadastro do Incra em virtude da unificação com a base da Receita Federal que deve ocorrer até o dia 31 de dezembro de 2016.

Outros dois cadastros completaram o conteúdo da capacitação. O Cadastro Ambiental Rural (CAR), que teve seu prazo de entrega prorrogado até 31 de dezembro de 2017, e o Ato Declaratório Ambiental (ADA), documento entregue ao Ibama que possibilita uma redução do ITR de até 100% nas áreas de preservação declaradas e que tem prazo final também em 30 de setembro.

Para o assessor da presidência do Senar-RS, Derly Girard, responsável pela gestão do curso, “a capacitação e reciclagem dessas pessoas significa o aprimoramento dos seus conhecimentos para serem, lá nas suas bases, quem irá levar a informação ao produtor rural”, argumenta. Para ele, “como o sindicato é um prestador de serviço, ele deve estar sempre com as orientações mais precisas para repassar ao produtor rural o correto preenchimento desses formulários”, afirma.

A proposta foi bem aceita pelos presentes. Para Iara Farias, do Sindicato Rural de Cachoeira do Sul, o treinamento superou as expectativas, “quando tu vens para um treinamento desses pode pensar que não vai agregar muito. Mas, tu sempre levas alguma coisa, algo que não se sabia”, declara. O resultado é de maior confiança do produtor, “toda vez que tu falas que está em um treinamento da Farsul eles sabem que o que vai se levar pra eles é importante. A confiabilidade que a gente passa após um treinamento dá uma segurança maior a eles”, comenta.

A funcionária do Sindicato Rural de Passo Fundo, Maria Cristina Bohn Zanoni, considera a capacitação como um importante momento para tirar dúvidas “às vezes nosso entendimento é um e a lei é outra, precisamos nos capacitar para não causar transtornos ao produtor. Quando ele procura o sindicato quer alguém que entenda”, lembra. “Nós estamos ali como informantes da Federação, o produtor procura o sindicato porque é muito longe vir até a Farsul. Nós somos as formiguinhas que vêm aqui buscar o conhecimento e levar até ele”, compara.

O chefe da Divisão de Inovação e Ações do Senar-RS, Taylor Guedes, ressalta que a capacitação em cadastros rurais é apenas a primeira ação do ProSindi, que tem como objetivo a implantação da ideia do “Sindicato Rural do Futuro”, slogan do programa. “Este evento faz parte de um projeto que a Divisão desenvolve em conjunto com a Assessoria Sindical da Farsul e a Assessoria da Presidência do Conselho do Senar-RS. O programa prevê, ainda, uma capacitação para dirigentes, colaboradores e equipe técnica dos sindicatos rurais em diversos temas”, explica. Além da prestação de serviços sindicais, o programa também inclui a gestão administrativa, operações com o Senar-RS, relações humanos e liderança, gestão empresarial e comunicação estratégica.

Durante o período de capacitação, o superintendente do Senar-RS, Gilmar Tietböhl, os diretores da Farsul, Paulo Ricardo de Souza Dias e José Alcindo de Souza Ávila, além de técnicos e assessores do Sistema Farsul atualizaram os participantes sobre as atividades em andamento e responderam questionamentos do público.

(Fonte: Imprensa Sistema Farsul)