Mobilização pede recuperação imediata da ERS 324

Os prejuízos que a má situação de trafegabilidade da ERS 324 têm causado aos usuários da via e a preocupação com os acidentes de trânsito foram os principais motivos que levaram o Sindicato Rural de Passo Fundo, a Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agronegócio de Passo Fundo – Acisa e a Associação dos Produtores Rurais de Pontão, a realizarem uma mobilização na sexta-feira (26/02), paralisando a passagem de veículos. O pedido é de que a rodovia receba obras imediatas para sua recuperação.

Dezenas de pessoas aderiram à ação, que suspendia o trânsito a cada trinta minutos, em trecho que passa pela cidade de Pontão. “Pedimos desculpa por estar invadindo o seu direito de ir e vir, novamente, mas se não nos unirmos, o senhor e a sua família também vai sentir as consequências da crise que aí está, a se agravar”, dizia o panfleto distribuído aos motoristas que passavam pelo local.

Conforme ressaltou o presidente do Sindicato Rural de Passo Fundo, Jair Dutra Rodrigues, foi relevante o apoio dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais, Associações Comerciais e Industriais, Prefeituras e Câmara de Vereadores de diferentes cidades da região, além de deputados estaduais e um federal, que estiveram presentes ou enviaram representantes para o ato.

Um documento que ressalta a importância de obras no trecho teve mais de 50 assinaturas de dirigentes e autoridades, e foi finalizado ao longo do dia. Ele será entregue pelo presidente do Sindicato Rural, em mãos, ao secretário dos Transportes do RS, Pedro Westphalen, na próxima terça-feira (01). Além disso, os motoristas e simpatizantes da manifestação participaram de um abaixo-assinado, que será incluído ao documento. “Foi um movimento muito positivo e nossa expectativa foi alcançada. Tivemos a presença de um grande número de lideranças e, inesperadamente, até mesmo do DAER”, disse Jair.

“Entendemos que esta não é apenas uma reivindicação do setor primário, necessitamos da preservação da vida na estrada. Esta é uma rodovia com grande número de acidentes. Não estamos tratando de uma obra nova, mas sim de manutenção e infraestrutura”, destacou o presidente da Acisa, Marco Mattos.

mobilizacao

Conforme afirmou o presidente da Associação de Produtores Rurais de Pontão, Alfeu Cirino do Carmo, a espera pelas melhorias tem se arrastado há vários anos. “Chegamos, hoje, ao cúmulo de ter que reivindicar para o estado o tapa-buracos da estrada. Queremos que todos os usuários sejam beneficiados”, afirmou.

Presentes no movimento, representantes do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem informaram que já existe previsão para o início das obras de melhorias na ERS 324 para o mês de março deste ano e que profissionais já estariam sendo contratados para o trabalho.