Sindicato Rural participa de Dia de Campo sobre Integração Lavoura-Pecuária-Floresta

Mais de 800 pessoas, entre agricultores, estudantes e técnicos estiveram no dia 09 de setembro, na Embrapra Trigo, participando do 2º Dia de Campo Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), com ênfase em manejo do solo e produção animal. O Sindicato Rural esteve presente no evento, que contou com a participação do governador do RS, José Ivo Sartori, do ministro de Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, do secretário de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativimso, Tarcicio Minetto, do presidente e da diretora administrativa da Emater/RS, Clair Kunh e Silvana Dalmás, do diretor-executivo de Transferência de Tecnologia da Embrapa, Waldyr Stumf, e do secretário nacional de Segurança Alimentar, Caio Rocha, entre outras lideranças e autoridades.

Em quatro estações, representantes da Emater/RS-Ascar e da Embrapa Trigo apresentaram temas como pastagens perenes, pastagens anuais, grãos de cereais de inverno na alimentação animal e manejo e conservação de solos.

Para o governador José Ivo Sartori, a integração entre a pesquisa e a prática é um dos ganhos que os participantes do Dia de Campo podem ter. “Não apenas para quem está aprendendo, mas quem ensina também aprende. É um duplo aprendizado”, disse o governador.

Na opinião do secretário de Desenvolvimento Rural, Tarcísio Minetto, a combinação entre a pesquisa e a extensão é a ideal, pois busca verificar o que se adapta a cada região, propõe um planejamento. “É importante essa continuidade, porque assim a gente busca e consegue uma gestão sustentável”, afirmou Minetto.

O ministro de Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, destacou a importância da Embrapa. “A Embrapa faz diferença na vida do Brasil, em relação a agricultura. Nós devemos a Embrapa o Brasil ser hoje a potência agrícola que é. A ciência e a tecnologia, tem que servir ao povo brasileiro, ao desenvolvimento do país”, ressaltou Terra. “O Dia de Campo é uma ferramenta importante e essencial no trabalho da Extensão Rural. Temos que buscar cada vez mais parcerias e criar nos municípios Unidades de Referência, onde possamos aproximar cada vez mais as comunidades dos resultados da pesquisa. Isso, certamente, vai representar uma maior renda para a família, mais qualidade de vida e, consequentemente, a sucessão familiar”, avaliou o presidente da Emater/RS, Clair Kuhn.

O Dia de Campo foi organizado pela Embrapa Trigo, Emater/RS-Ascar, Sebrae Juntos para Competir, Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário e Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento e o patrocínio da Rede de Fomento ILPF, Sicredi e SulPasto. De acordo com o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Oriberto Adami, essa parceria entre a pesquisa e a extensão só traz benefícios aos agricultores e, para este ano, foram agregados temas de relevância para o produtor e que são prioridades nas ações da região e do Estado.

(Com informações da Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar - Regional de Passo Fundo)